Os olhos do Mangá

Para iniciar com o “pixel direito” decidi abrir as postagens com uma dica bem bacana a respeito dos olhos no estilo Mangá.
Muitas dúvidas surgem na hora de desenhar esta parte tão marcante dos desenhos em estilo oriental.

Sempre gosto de começar tentando compreender como funciona o real, e a partir daí, desconstruir e estilizar. A estrutura de um olho em proporção realista/acadêmica é bem fácil de compreender:

1 – Temos uma esfera maior que equivale ao globo ocular inteiro. O branco do olho (Esclera) é a parte desta esfera que aparece para o observador.
2 – Há também um círculo menor, que equivale a íris (parte colorida do olho).
3 – E centralizado na íris há um círculo ainda menor, preto, de tamanho variável. que é a pupila.

Apesar do olho do Mangá ser, na maioria das vezes, MUITO maior que o olho de proporção real, suas estruturas são extremamente parecidas.

Quando a Íris do olho é aumentada no Mangá, nós acabamos afastando muito a pálpebra superior da inferior afim de comportar esta grande bola colorida que ela se tornou. Para que o olho continue em harmonia mesmo com esta separação das pálpebras, pode-se imaginar linhas guia em forma de “V” ligando as duas partes (a de cima com a de baixo). Fazendo isto, você conseguirá um olho de Mangá bem convincente e harmônico! A Pupila pode aparecer ou não dependendo do seu estilo pessoal (mas cuidado para o personagem não parecer cego!).


Em caso de dúvidas, comentem, sugiram assuntos, e acima de tudo, desenhem bastante!

Espero ter ajudado!

4 comentários sobre “Os olhos do Mangá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s